artists: a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9

maze – vontade indómita (fogo) lyrics

eles tentam derrubar-te, estatelar-te no tapete
impedir-te de ascender e escalar a parede
amordaçam-te, agrilhoam-te, vendem-te a ilusão
minam-te a vontade, só resta resignação
dum horizonte limitado simulado num chroma key
a fonte tem secado, o sonho já não mora aqui
é o elefante preso à estaca com a fina corda
trago o estalo à padrasto na cara que te acorda
para a realidade, verdade inconveniente
é pólvora, em cada palavra que ferve na mente
maçarico aceso sente o cheiro a enxofre
o semblante é intenso, porque este povo sofre
sem ponto de fuga, a poesia é profunda
a mentira é imunda, arranca a sanguessuga
o sopro vem do coração, alimenta as brasas
sai da escuridão da gruta e abre bem as asas

a paciência esgota corta a mão que furta
dinamite detona porque o pavio encurta
a justiça não é cega o povo já fumega
combustível aspergido, sistema de rega
voam faúlhas, faíscas, raios e coriscos
soa o amolador é tempo de chuviscos
canivetes que cuspiste voltam em queda livre
efeito boomerang o karma é detective
vive, porque esta geração só sobrevive
o apet-te é voraz, estou no limite
corrosivo no discurso solto aguarrás
às vezes é preciso guerra para viver em paz
a hipocrisia não me apraz, honra não tem preço
tropeço, ergo-me das cinzas, recomeço

é a vontade indómita, de forma sónica

em mim transporto energia duma bomba atómica

fogo
solto raiva ac-mulada no meu âmago
fogo
cuspo labaredas do fundo do estômago
fogo
das cinzas nascem asas, voo
fogo, fogo, fogo


- maze lyrics

maze - vontade indómita (fogo) lyrics are property and copyright of their owners and provided for educational purposes and personal use only.