azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

031 inglório – cold lyrics

Loading...

novela se amarrada entre bonecas
estancando cheiro fedido de todo essa merda
segredos que atualmente guardo pra ti

um instrumento é um martelo um fura bucho bicho bisturi
tenho noção, não quero compreender o que eu caso
mas o acaso disso sou eu virando sangue dentro dos vasos

o som do choro e o cheiro de agonia
só com o passo eu calo o grito da vadia
e o sangue quente no quarto, maior calor
virei doutor psicopata amante da dor

tô louco em fúria louco de sede por morte
adoro sofrimento em quem fábrica os cortes
então implora agora chegou a hora

te escondo em um buraco fundo entre a fauna e a flora
então implora agora chegou a hora
te escondo em um buraco fundo entre a fauna e a flora
e eu gosto do cheiro de mortes a lona em casa

gosto do gosto dos miolos queimados em brasa
com tapete de boas vindas pintado com sangue
deixo sinais brutais que toca em altos falantes