azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

1988 – chaponega lyrics

Loading...

chapo no embalo do meu som
se soltou só com os drink do bom
ela veio rebolando até o chão
no pontinho do borest ela cedeu a tentação

chapo no embalo do meu som
se soltou só com os drink do bom
ela veio rebolando até o chão
no pontinho do borest ela cedeu a tentação

só de olhar pra ela eu percebi
que a vontade tava aqui
e o jeito que ela mexe
maluco me faz subir

e eu que tava ali de canto
so observei no corpo dessa mina
foi aonde que eu travei

envolventemente ela mexe
com a minha mente
e o sorriso dela vagabundo
é quente

eu já penso na gente sem
nem saber teu nome
mas já vejo no futuro
nós queimando um do clone

tava fogo no cone
eu adimiro as duas lindas pernas
minha mente suja me leva por
entre elas

enquanto a gata dança
minha ideia é paralela
nos dois la em casa
e eu tirando a roupa dela

seda de canela e um aromatizante
uma trilha sonora e ela toda deslumbrante
-ssim que eu vejo e esse é o meu desejo
de te arrastar daqui pro meu quarto
e fazer daquele jeito

chapo no embalo do meu som
se soltou só com os drink do bom
ela veio rebolando até o chão
no pontinho do borest ela cedeu a tentação

chapo no embalo do meu som
se soltou só com os drink do bom
ela veio rebolando até o chão
no pontinho do borest ela cedeu a tentação

e ela bonita, pequena, serena
sedutora, envolvente, morena
do tipo que se eu pego
eu me motivo a noite inteira

a fazer besteira e eu aditivo com amarula
e a fumaça da marola faz ela fazer loucura

e eu penso nela toda nua
desfilando na minha sala
eu beijando aquele corpo
enquanto ela se acaba

é de perder a fala
paradece de outro mundo
só o jeito que ela fala
ja derruba o vagabundo

me ganha em um segundo
é a minha maior ambição
ter ela sem roupa la em casa
ai completa a missão

e ela aumenta a pressão
também aumenta o anseio
deixa eu borrar o seu batom
sentir o gosto do seu beijo

enxergar no espelho
sua expressão de desejo
mordendo os labios
e eu puxando seu cabelo

chaponega no meu som
papo reto sem rodeio
eu quero te degustar toda
da nuca ao tornozelo

chapo no embalo do meu som
se soltou só com os drink do bom
ela veio rebolando até o chão
no pontinho do borest ela cedeu a tentação

chapo no embalo do meu som
se soltou só com os drink do bom
ela veio rebolando até o chão
no pontinho do borest ela cedeu a tentação