azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

1kilo – roda de louco lyrics

Loading...

[verso 1: md]
vai pensando que é blindado
com essas vagabunda do lado
sai, sai, sai, sai
mas antes deixa tudo comigo p-ssa minha parte pra cá
sei que tá difícil de -ssimilar
já vi jurarem, até julgarem
e decidirem, matarem
campo de concentração
sei que sou o escolhido do salvador
minha voz me impulsiona pra frente, irmão
não duvide do que viemo buscar
sem papo torto, p-ssa a grana pra cá
não duvide do que eu posso causar
pra quem quer me cobrar
por que quer me cobrar?
já sabemos muito bem quem somos
já sabemos muito bem quem fomos
cromossomos unidos eu já nem vejo na onu
tô compondo, sobrepondo, entrelinhas te respondo
mas a verdade não escondo e tu vive supondo
porque eu faço o tirambaço que some com o sono
adrenalina na caneta, querendo a saída
buscando outra alternativa, muito bem quem somos

[ponte: md]
eu sei bem o que cês querem de mim
só que eu quero todo o cash pra mim
ninguém vai ficar com crédito
as notas eu pego, não levo se tiver em débito
eu sei o que cês querem de mim
só que eu quero todo o cash pra mim
ninguém vai ficar com o crédito
as notas eu pego, não levo se tiver em débito
filha da puta tem que aturar
(tu vai ter que aturar, ah, vai ter que me levar)

[refrão 1: pablo martins 2x]
roda de loucos, vida pra poucos
e quem você pensa que é?
a sorte não dorme pra matar o ódio
e quem você pensa que é?
ouviram tiros a noite toda
e quem você pensa que é?
não pisa na terra onde sabe que o respeito sempre vai prevalecer

[refrão 2: gabra]
vim pra conquistar com quem está
pra ser titular, e faturar
tô pra subir, sim
olho grande ao redor não acredita, não
arru, com 1kilo eu vim
de p-sso a p-sso com meu time, sempre na função

[verso 2: ct]
mais pesado que alcione quando come panetone
eles me falam: “cê é tão magro, quando tá de lado some”
mais doido que rolling stones misturado com ramones, mano
nos é charlie brown e pau no cu do los hermanos
viemos receber em dólar
se quero euro? é lógico
na caixola dezena de problema neurológico
médico mó neurótico, deu vários antibiótico
eu tava me sentindo péssimo, hoje eu me sinto ótimo
obviamente, na linha de frente é nós
cheio de ódio na sede do pódio
mano, como pode
eu to vendo cês devendo e negando voz
na minha área vários viciado, mágico de pós

[verso 3: morgado]
talvez, nada de talvez
acorda jogador
é o clima meio tenso
é o crème de la crème
é 1kilo nas caixa

[refrão 1: pablo martins 2x]
roda de loucos, vida pra poucos
e quem você pensa que é?
a sorte não dorme pra matar o ódio
e quem você pensa que é?
ouviram tiros a noite toda
e quem você pensa que é?
não pisa na terra onde sabe que o respeito sempre vai prevalecer

[verso 4: doisp]
quem você pensa que é?
ninguém se mexe, ninguém sai ferido
quero o cash, primo, não vim pra ser vítima
vi que nas esquinas, quando fecha o tempo, só fica quem é
vida pra poucos (vida)
o auge é agora, jogo o jogo a vontade (jogo a vontade)
lá fora a grana não dorme, nós que comanda a cidade
tudo nosso, nada deles (nada)
roda de louco, não se vive outra vez (não)
em cada p-sso eu ando meses
rota de fuga com as notas no bolso (skrr, skrr)
ouço tiros na madrugada, virando o placar, várias noites viradas hoje onde o bonde chega o baile para
anjos me protegem, a tropa mete bala
anjos me protegem, a tropa: prr, prr

[refrão 2: gabra]
vim pra conquistar com quem está
pra ser titular, e faturar
tô pra subir, sim
olho grande ao redor não acredita, não
arru, com 1kilo eu vim
de p-sso a p-sso com meu time, sempre na função

[verso 5: xamã]
black helicopters in the sky
bem vindo ao mundo onde as coisas caem
como seu castelo de baralho, eu vim de longe pra caralho
eu sou o filho mais revoltado do seu pai
desculpa se eu sou meio abusado
p-ssa a bola delegado
eu vou ter um filho com a tua filha no hawaii
eu nem sou surfista prateado
eu rimo, eu curto um carteado
no busão entrei na porta de trás
deixa eu rimar aí, pastor? (skrrrrr)
você? não
sai de reto satanás
amigo, meu flow abençoado
caguei pro seu penteado
vou exorcizar você e os demais
sigo conquistando coisas impossíveis
onde está meu tênis?
punchlines imperceptíveis
rage against the machine
renasci do cinzeiro do solo do jimmy e fênix
ave hendrix, boladin
bolando mary jane num colchonetezin
ela geme: “xamazin”
informando que o crime não é o creme
o crime não é o creme
fim