azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

3030 – rascunho/deixa levar (acústico) lyrics

Loading...

“rascunho”

[verso 1: bruno ch-lles]
eu fiz só pra você a mais sincera e pura melodia
guardei sem perceber seus olhos claros num retrato cinza
se o mundo responder eu te ofereço meu amor ainda
a cor do meu prazer é bem mais clara e cheia de vida
abre a porta
deixa a luz entrar
fecha o corpo
menina é mandinga
traz beleza
não há porque se lamentar
leva embora pra longe tudo que não precisar
seu corpo solto no tempo
atravessando o luar
seu corpo é coisa que tento
menina você teve meu coração
mas não soube cuidar

[verso 2: rod]
luz pra que o retrato seja revelado
amor pequeno em pedaços tipo 3×4
eu to no mesmo bairro ela viaja o mundo
e se eu fiz pouco pela gente
eu digo sinto muito
é que eu to no meio termo
e se eu ver te falo
se eu te ligar desliga
carrega um pouco fardo
fato
sabe que eu tenho tardo
e não falho
fora do comp-sso
da batida do seu coração de aço

[verso 3: lk]
eu sei, você foi tudo que eu pedi a deus
mas agora tive que dizer adeus
hoje a vida segue pra mim
eu sei que é um inicio
aceito o castigo
você aguarda o telefone
eu não ligo
não é que eu não ligo
é que lidar com isso é difícil
mas saber que tu ta bem é um alivio
e olhando -ssim de fora me parece ate desperdício

[refrão: lk, bruno ch-lles & rod]
hoje eu te desejo o que for bom e só
sei você merece seu lugar ao sol
minha vida eu conquistei no punho
enquanto você me deu o melhor
e eu te entreguei só meu rascunho

“deixa levar”

[verso 1: bruno ch-lles]
pra renovar as energias
vou me jogar no mar
meditei
sobre as águas vou navegar
conheço a maré
e como a gente, ela vai mudar
eu vim de longe
só sei dizer que o mais distante eu naveguei
pra te buscar
me leva onde o vento for
pra esquecer do mundo e só pra te cantar
eu vou

[verso 2: lk]
mano, eu já não espero nem um pouco
eu mesmo faço os ares bons
tô desbravando o mar
então nem penso no futuro
eu sou navegador de mundos
pirata nessas ruas, um reflexo de tudo
mas blindado só pros males
eu já p-ssei por águas turvas
peço a bênção da mãe iemanjá
a fé do senhor do bonfim
de jorge, a espada e o escudo
já que eu vim da bahia cantar
desde 90, eu represento os peixe fora d’água
nesse plano eu nadei contra a correnteza
revirei o mundo, já caí, bati no fundo
mas eu ressurgi mais forte
quando eu percebi minha própria fraqueza
então…

[refrão: rod]
me deixar levar, me deixar levar
porque hoje eu vou
me deixar levar, velejar no seu corpo

[verso 3: rod]
qual é minha sina, a vida perguntou
todo final um novo início que já começou
contando histórias de amor que nunca aconteceram
celebrando e agradecendo a vida o tempo inteiro
deitei na areia com o mar de lençol
navegando nesse mar de escuridão, nós somo a luz do farol
ahn, limpando lágrimas sagradas na água salgada
hoje eu não tô mais navegando nessas mágoas

[ponte: bruno ch-lles]
pra renovar as energias
vou me jogar no mar
meditei
sobre as águas vou navegar
conheço a maré
e como a gente, ela vai mudar

[refrão: lk, bruno ch-lles & rod]
me deixar levar, me deixa levar
me deixar levar, velejar no seu corpo
me deixar levar (deixa levar)
me deixar levar (deixa levar)
me deixar levar, velejar no seu corpo
me deixar levar (deixa levar)
me deixar levar (me deixa levar)
me deixar levar, velejar no seu corpo