azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

38milmanos – 38mil impactos lyrics

Loading...

letra de “38mil impactos” com 38milmanos & impacto versado

léo :
check, na mente o relato bate forte
postura forjada com sangue da própria sorte
a teoria da conspiração mental
raciocínio, intelecto, direcionado ao mal
confundem a intensidade com a intenção
manifestam frustração
ego cego iludido lidera rebelião, virtual
nada mal
na moral não tem efeito
na rua
vivência digital não tem conceito
impactando e versando
cresci sem pó
sou 38mil manos
juntos num só
us caras amarelas estão me doutrinando
luto por luto, desigualdade aumentando
alienados, perdidos, desde menor
criando mais e mais forjados
30 vez pior
sinistro
suicidas morais
ensina a tua prole a ditar os comerciais
semeie a sua mente
maioridades mentais
respeito libera coragem
precisam ser laterais
os meus beco ainda sangram com sequelas
minha geração perdidas nas vielas
ostentação vendendo elas
sangrando e manchando telas
identidade sem maldade
decente mente mandela

stefano
na contenção
cheguei somei
nesta função..
visão além do alcance
sem sermão
vida de cão…
a cela aberta
o réu, o são…
de fato o chão concreto
o papo é reto sem som de ilusão..
locomotiva sem trilho
nunca se perde do foco
muito menos destrava o gatilho
enxerga o brilho…
vermelho, branco, preto e azul… bandeira de guerra da leste pra zona sul…
quem nos viu no erro mentiu!
se iludiu
sentiu o peso da ideia blindada e se omitiu!
rio…
de sangue escorrendo peito do meu brasil!
estancar é a nossa meta
igual jogo de xadrez só trouxe ideia concreta!
sai da reta mas sem fazer barulho …
é impacto versado e 38 na porra do bagulho..

léo i.v:
delarua deu o papo, envolvido só os gangueiro
falador fica em choque, e os olho gordo em desespero
não sustenta o que fala, ve se nem abre a boca
meus corre pego e faço não vim pra ficar de toca
ta de chapéu, toma tiro a queima roupa
a selva é bruta, e não perdoa os cabeça oca
conteúdo explicito aplico nessa track suja
noizfirma na sessão sempre fazendo os free de rua
nua e crua, continua a realidade
os covarde não aguenta e a cobrança é sem m-ssage
tirei vantagem, do momento decisivo
versos caros, myke na mão, profissão perigo
incentivo, conhecimento pra mlkada fundamental
que só aprendeu a roba bem no ensino fundamental
essencial, a conscientização
pro menor largar o fuzil e pega o livro na mão
na fita é só monstrão, só jogador raro
38mil artigos deixando o p-sse mais caro
impactooo, segue fazendo estrago
implacável, pique bebeto e romário
os fraco igual o baggio, erra a mira do flow
textão no facebook, nunca revolucinou
da zona leste até zona show
hip-hop resistência a luz que não se apagou

luiza:
impacto/
qual é? qual foi?
ouvi alguém me chamar!
impacto versado é baque que te faz pensar
cuidado com o que fala
mil cabeças vão rolar
dez mil a tua direita
mas tu não vai se abalar
poetas no topo
somos letristas na trilha
corja dos boeiros
para os famosos coxinhas
tu trabalharás, não se aposentarás
capitulo 4, versículo 3
as trevas ditam as leis
os meninos aqui continuam cheios de fome
delarua explode as informações nos fones
o pó que vêm de drone
a morte que veste farda
bigode grosso, patente alta
estreita nossa estrada
guerrilheira taca fogo, a porra toda!
no more tretas!
precisamos juntar forças!
periferia armada de coragem até os dentes
se bater de frente
vai pagar de inconsequente
inconst-tucionalissimamente
se tem cash, tem aval
pra nos descarregar o pente

igor i.v. :
são r$38.000, pra 38mil manos, 38mil planos, 38mil panos
38mil peças, 38mil taças, 38mil damas, 38mil bagas!
meu microfone é letal, peso de um parafal
sem falha levo a levada que eleva o espiritual
flowzinho de marginal, nem fui pro colegial
só penso nela a bela e a vela de biquíni no quintal!
gangsta ponderado que briga pela razão
mil análises de um fato pra ter uma conclusão
diablo te dá migalhas porque não lhe falta o pão
e o pouco da nossa casa é oque não foi com mensalão!
maldade, percepção e muita ação no meu mapa
acaba a lata, lá na lapa, e nois a la capa do batman!
dona fátima apagada vem a zero na madruga
e o capitão tá pego na retranca do recruta!
pula a catraca meu truta que o pico tá moiado
só polícia umas tiriça e uns boroca incubado
meu humor vai de acordo com a energia do meu lado
e você é louco em cachorrera aqui o clima tá pesado!
só mano insano, com sangue se saciando, chega chegado chegando, palavras se dechavando
carisma se desolvendo, vários bico observando
vários mano se perdendo e outros mano se achando
não somos absolvidos mas buscamos absorver a cultura do saber ( a cultura do saber!)
mas será que você aceita o que eu p-sso pra você?
que o pior cego que existe é aquele que não quer vê!
paz