azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

5 a seco – antídoto lyrics

Loading...

[verso 1: pedro altério]
tem hora de esperar, porém
tem hora de insistir
eis a hora de dizer ‘ninguém
cai fora sem ouvir’

que a nossa tristeza tá na mesa
tá acesa em qualquer radar
tá na cara, tá na história
do brasil e já é hora de partir

[verso 2: altério]
por onde começar, não sei
simbora descobrir
um antídoto pra dor feroz
que quer nos consumir
e só dessa maneira, sem coleira
nem amarras nas pulsões vitais
da garganta escapa um grito
e extingue um nó e então agora é a sua vez

[refrão: altério]
onde quer me calar sou represa
onde quer me enjaular sou condor
onde quer me conter sou clareira
onde quer me afundar, isopor
onde o sonho estiver estarei

[verso 2: altério]
por onde começar, não sei
simbora descobrir
um antídoto pra dor feroz
que quer nos consumir
e só dessa maneira, sem coleira
nem amarras nas pulsões vitais
da garganta escapa um grito
e extingue um nó e então agora é a sua vez

[refrão: altério]
onde quer me calar sou represa
onde quer me enjaular sou condor
onde quer me conter sou clareira
onde quer me afundar, isopor
onde o sonho estiver estarei