azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

daniel shadow – nada pessoal lyrics

Loading...

[verso 1: shadow]
é que eu sigo na minha fé, treinamento é marcial
posso ver além do véu, sinto a névoa fria cobrindo o quintal
quer levar meu chão, rei, não leva a mal
eu sei, cobiça é o início do final
guerreiro são, kayuá, som é talismã
a missão é pra eternidade, irmão
verdade é s-m-nte pra plantar, tamo aqui pra lutar
pra morrer, pra aguentar furacão
quero ter mas não é pra mostrar
pode crer que se for pra ac-mular
me dá só o que der pra levar no coração
pausa pro café, bota pra gelar no sal
ou se envolve ou mete o pé ,eu vou ficar até a pá de cal
rega o ego dessas cobra nos jardins do éden
martela a cabeça dos pregos
é -ssim que eles querem, tem veneno na lata
descarrego rima na semi-automática
hoje sua energia baixa não vai escurecer minhas prata
“coé dowsha quer pagar de criminal?”
não sou crime, irmão, sou firme, rj não é um filme
respeito não tem pra comprar na vitrine
vê legal e não se aproxime, já que nada é pessoal

[refrão: daniel shadow]
na solidão que eu vejo o que mora no peito
lá fora nada é pessoal
meu medo é só o medo de tudo ter um preço
e agora nada é pessoal
na solidão que eu vejo o que mora no peito
lá fora nada é pessoal
meu medo é só o medo de tudo ter um preço
e agora nada é pessoal
e agora nada é pessoal
e agora nada é pessoal

[verso 2: kayuá]
e a vida não é filme mas mantenho o foco
distância de quem enche o saco, não o copo
mesmo cê sendo óbvio, não deixa de ser piada
eu procurei motivos pra tá sóbrio e não achei nada
julgam toda a história mas só leram o resumo
mais frio que as bebidas que eu consumo, -ssumo
punho cerrado, sei pela causa que eu luto
um gole que é derramado aos que deixaram o luto
mundo é bola de gude perto das minhas ambições
onde eles enxergam crise, eu crio soluções
já falei, somos reis, nada menos que o trono
e o brilho das correntes é pra combinar com o dono
álcool se torna melhor amigo, e o corpo de uma estranha, um abrigo
cada dia uma nova eva me traz seu fruto proibido
deveria ter feito, não prometido
a vida cobrando cada “eu juro” não c-mprido, com juros compridos
procuro motivos, eles procuram amores
num casamento ou num enterro, flores são sempre flores
se dinheiro é problema, eu aceito esse karma
e o que são dedos pra quem vem de onde se apontam armas?

[refrão: daniel shadow]
na solidão que eu vejo o que mora no peito
lá fora nada é pessoal
meu medo é só o medo de tudo ter um preço
e agora nada é pessoal
na solidão que eu vejo o que mora no peito
lá fora nada é pessoal
meu medo é só o medo de tudo ter um preço
e agora nada é pessoal
e agora nada é pessoal
e agora nada é pessoal