azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

tony carreira – um retrato de nós os dois lyrics

Loading...

um retrato de nós dois, que a memória não desfaz
o aroma dos lençóis que não se vai
uma flor que não secou

um p-ssado sem p-ssar
mesmo o resto que se foi fez-te ficar
só que tudo ainda é pouco
por mais que eu te sinta aqui
queria ter-te de alma e corpo, não ter só marcas de ti
dava tudo e mais talvez
p’ra viver mais uma vez o que vivi
mas sei que haja o que houver
não volto a ter, a ter mais nada de ti
tudo perdi
melhor cair na razão
porque a razão nunca mente, e sente
não vale a pena esperar
quem não vem mais
nem adianta fingir, que estás aqui
porque a não ser teus sinais, não tenho mais que lembranças
não vale a pena sonhar, que está tudo igual
nem adianta esconder, o que há para ver
aquilo que eu nunca quis
ver que p’ra mim já não voltas
o sorriso, uma emoção
que a saudade ainda traz
uma lágrima no chão, que ficará
um poema a duas mãos, que acabei por acabar
onde as frases que lá estão, também lá estás
só que tudo ainda é pouco
por mais que eu te sinta aqui
queria ter-te de alma e corpo, não ter só marcas de ti
dava tudo e mais talvez
p’ra viver mais uma vez o que eu vivi
mas sei que haja o que houver
não volto a ter, a ter mais nada de ti
tudo perdi
melhor cair na razão
porque a razão nunca mente, e sente
não vale a pena esperar
quem não vem mais
nem adianta fingir, que estás aqui
porque a não ser teus sinais, não tenho mais que lembranças
não vale a pena sonhar, que está tudo igual
nem adianta esconder, o que há para ver
aquilo que eu nunca quis
ver que p’ra mim já não voltas
p’ra mim já não voltas
não vale a pena esperar
quem não vem mais
nem adianta fingir, que estás aqui
porque a não ser teus sinais, não tenho mais que lembranças
não vale a pena sonhar, que está tudo igual
nem adianta esconder, o que há pra ver
aquilo que eu nunca quis
ver que p’ra mim já não voltas
um retrato de nós dois, que a memória não desfaz
e o aroma nos lençóis que não se vai