azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

wi – life goes on lyrics

Loading...

lâmpadas incandescentes iluminam o
meu destino
há 2 futuros diferentes só eu decido o
meu caminho
um leva me para o mundo do demónio
e do prazer
o outro deixa me sóbrio e dá me de
comer
não me vou deixar levar preciso de
pensar
tenho uma família em casa para
suportar
mantenho sempre a minha cabeça
hoje trabalho amanhã sei que vem a
recompensa
faço isto pelo gosto isso é a diferença
vens pelo oposto apago a concorrência
e não venhas falar se só conheces a
aparência
foi na rua que aprendi as dificuldades
dessa vida
que nos momentos baixos tenho de ter cabeça erguida
há que manter sempre a at-tude nesta
longa corrida
e no fim de todo o suor poder falar
missão comprida
cada um sabe de si isso não comento
faço do rap prato cheio é o meu alimento
dá me caneta e caderno já me contento
desabafo nestas linhas, desculpa pela falta de tento
represento os meus e a minha zona 24/7
recordo os velhos tempos dos sons em c-ssete
onde o sentimento debitado era real em cada track
saudades de rappers como biggie e tupac
não invento só falo do que vivi
inspirado em albuns como all eyez on me
escutei e reti
falhei e aprendi
ganhei e perdi
e é -ssim que tem de ser
observar para fazer acontecer
continuar a estabelecer
ligação com a escrita
não é perfeita nem bonita
é verdadeira e realista
fui fazendo a minha lista
e riscando o errado
não posso ir para pista
com o pneu furado
pestana aberta coberta de fumo
promessa da família mas perdi o rumo
rumo ao sonho que tanto ambiciono
sonho acordado já perdi o sono
aproveito o embalo
acredita em mim
hora de dar o salto
e não preciso de trampolim
não dou graças a ninguém
dou graças a mim
só paro no além
e acabo com all-in
tentativas falhadas, dessas não me esqueço
quantas fezadas acabaram agarradas a um terço
diz me tu, porque fazes a tua mãe chorar
ela fez tudo por ti para te ajudar
e tu deitado nessa cama a ressacar
larga a má vida e orgulha quem te quer bem
podes ter 100 amigos e acredita, nenhum te ama mais como a tua mãe
a adolescência não é para sempre
não imites o alheio
faz por ser diferente
cria o teu movimento
dedica te a 100 por cento
mostra o teu talento
-ssim represento
5000 com afinco
amor à camisola
não quero ser o 0
luto pelo 5
dá me papel e caneta para mostrar a minha faceta
nestes versos em linha reta
desabafo aquilo que sinto e não minto
quando digo que o caderno é minha tela e é com a caneta que pinto
aprendi a libertar através desta arte
cada rima é sentimento e cada sentimento parte
de mim vindo de mais uma história
que com o tempo vai sendo outra memória
desgostos aprendi que são mil e cem
aparecem quando menos esperas e não sabes se fica ou se vem
dor incontrolável que se apodera do corpo
só desejas a morte estás vivo mas sentes te morto
e é na solidão da noite que procuro o conforto
entre quatro paredes a escrever pelo desporto
única certeza de que algo é real
criei um gosto pela escrita e por esta arte magistral
focado na vida e no objetivo a c-mprir
se rimas fossem saliva p-ssava a vida a cuspir
obrigado hip hop pela tua existência
fazes a minha alma sorrir
em momentos decadência
quero iluminar esta vertente
com o meu brilho incandescente
fui contagiado pelas rimas
desde aí ando doente
palavras apoderam-se do meu corpo
e ele absorve cada uma
letras negras e selvagens
que já me chamam puma
melancolico de pessoa
sou eu nesta vida
depressão na minha alma escoa
e grita arrependida
terapias no hospital
consequentemente a medicação
se não fosse esse local
tinha acabado com esta opressão
obrigado doutora
por mais esta lição
saía porta fora
com mais motivação
as palavras dela enchiam o coração
a imaginação aumentava
e melhorava a visão
e debito a minha dor sobe esta canção
fiz da minha droga
vozes na batida
larguei o que me afoga
e decidi lutar pela vida
quando estiveres perdido
eu vou estar aqui
quando nada fizer sentido
procura o que é real para ti