azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

30 de outubro – ausência lyrics

Loading...

vem cá meu bem,
parecem que a gente nem tão bem -ssim,
talvez o amor não exista mais pra mim,
talvez eu nem saiba porque, eu sei que todo esse tempo que eu p-ssei,
eu mudei pra ti,
das roupas aos lugares que eu costumava a ir,
e olha o que sobrou pra mim,,
a luz da televisão
o frio intenso em cima do colchão,
as cartas espalhadas pelo chão
prefiro sua ausência a sua rejeichão
a luz da televisão
o frio intenso em cima do colchão,
as cartas espalhadas pelo chão
eu sinto a sua ausência a sua rejeição
eu bem que tentei
encontrar em ti aquele alguém por quem me apaixonei.
mas sabe, é difícil aceitar a solidão.
talvez você não saiba porquê,
pois sempre que precisou eu estive ao seu lado,
eu nunca fingi ser só mais um apaixonado.
e se um dia eu pedi demais,
foi o teu abraço que eu pedi demais,
mais desse sorriso que me trazia paz.
mais coisas que eu sempre amei,
a velha pessoa por quem eu me apaixonei,
o teu abraço que eu pedi demais,
aquele sorriso que me trazia paz.
todas aquelas coisas que eu sempre amei,
a velha pessoa por quem eu me apaixonei,
foi embora.
na luz da televisão
no frio intenso em cima do colchão
nas cartas espalhadas pelo chão
é que eu me sustento agora.