azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

5 a seco – tempo morto lyrics

Loading...

um grito pr-nto pra saltar
das paredes da garganta
corte seco pro seu olhar

os olhos sem pestanejar
as pupilas dilatadas
quase nada a declarar
chaleira já vai apitar

tudo nesse tempo morto
a qualquer momento pode
acontecer

pode pegar fogo nesse
apartamento
de ressentimento pode o chão
se abrir

dentro desse tempo morto
a qualquer momento pode
amanhecer

poderá o sol que entrar dissipar
névoa de rancor?

torneira não para de pingar
o cachorro ergue as orelhas
um silêncio ensurdecedor

nem alma se vê do quinto andar
treme a perna sob a mesa
a comida vai esfriar
um ano ou dois – se não for mais

tudo nesse tempo morto
a qualquer momento pode
acontecer

pode pegar fogo nesse
apartamento
de ressentimento pode o chão
se abrir

dentro desse tempo morto
a qualquer momento pode
amanhecer

poderá o sol que entrar dissipar
névoa de rancor?

ou como se reinventar sem ficar
preso ao pavor?

ou que condução pegar de manhã
se tudo acabou?