azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

capicua – hora certa lyrics

Loading...

[verso 1 – capicua]
eu desejei-te e pedi-te a estrelas cadentes
eu agarrei-te e impedi-te de noites ausentes
e anulei para servir-te meus sentimentos
eu acusei-me e defendi-te com unhas e dentes
e foi a ti a quem escrevi cartas transparentes
e construí só para ti sonhos de adolescente
e foram anos que ofereci a um coração carente
confiando que no fim me desses o suficiente
e agora como é que eu te deixo ir embora?
como é que eu te largo, faço o luto e mando fora?
como é que eu luto contra o susto da ruptura
e -sseguro que não te quero no futuro?
como é que eu lido sobretudo com o hábito?
como é que eu tiro o que era nosso do armário?
como é que eu vivo como outra na tua vida?
como é que eu vivo outra vida, a minha?

[refrão x2 – capicua]
qual é a hora, a hora certa, a hora de ir embora?
será desta, será esta a hora certa para ir embora?
no amor e na festa, só há esta, só há uma hora certa
a hora de ir embora à hora certa!

[verso 2 – capicua]
mesmo que já não te queira, mesmo que seja uma asneira
como é que eu estou certa que é a coisa certa
e que esta porta já não pode ser aberta?
como é que eu a fecho?
como é que eu te deixo?
mesmo que já não recorde todos os nossos recordes
tanta coisa podre e a dor que já não morde
eu tenho de ser forte
saber manter o corte e calar o desejo, calar o desejo
e se eu te quiser de volta?
e se esta for a escolha, como de roleta à solta
como é que eu decido?
e se este foi o quadro que pintei a régua e esquadro
e pendurei lá no alto, como é que eu o tiro?
como é que se desiste, depois de tanto que se insiste
não é triste, não é isto um frac-sso
como o punho em riste?
ou será coragem e virá a recompensa?
dispenso a bagagem para a viagem
porque peso não apressa e se ainda não foi desta
arrastar carcaças é desporto que não presta
se ainda não foi desta, chorar
e escrever cartas é desgosto que não cessa!

[refrão x2 – capicua]
qual é a hora, a hora certa, a hora de ir embora?
será desta, será esta a hora certa para ir embora?
no amor e na festa, só há esta, só há uma hora certa
a hora de ir embora à hora certa!

é a hora certa…(x3)

eu desejei-te e pedi-te a estrelas cadentes
eu agarrei-te e impedi-te de noites ausentes
e anulei para servir-te meus sentimentos
eu acusei-me e defendi-te com unhas e dentes
e foi a ti a quem escrevi cartas transparentes
e construí só para ti sonhos de adolescente
e foram anos que ofereci a um coração carente
confiando que no fim me desses o suficiente!