azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

capicua – pedras da calçada lyrics

Loading...

[refrão x2 – m7]
euro reality show, quem é o primeiro a sair?
e no portugal real, quem consegue resistir?
quem consegue ver o país a mingar sem fazer nada?
é de fazer atirar as pedras da calçada!

[verso 1 – capicua]
em cada casa, cada rua, cada vila ou cidade
deste retângulo de terra e gente de capacidade
há um pai preocupado a ver a sic notícias
há ladrões e polícias e depois há a política
o jornal repet-tivo só embrulha castanhas
porque “gordas” medonhas aqui já ninguém as estranha
os putos nos cursos e os adultos no esforço
até no fundo do poço, há mais um ralo que esvazia
no fundo desemprego quase um quarto
deste quarto dos fundos não há espaço para futorologia
e enquanto gastam tinta com discursos
e resultados de estudos
esta geração emigra ou então brinca ao quarto escuro
até aos 30 e de futuro ainda
recebe um belo prato de arroz trinca!

[refrão x2 – m7]
euro reality show, quem é o primeiro a sair?
e no portugal real, quem consegue resistir?
quem consegue ver o país a mingar sem fazer nada?
é de fazer atirar as pedras da calçada!

[verso 2 – capicua]
não somos a mão no charro
nem a boca atrás do jarro de cerveja, somos a gente
que deseja outra coisa, esta foi-se, outro poiso, outra força!
oh nah! isto é o jogo da forca!
não somos a língua abaixo do anti-depressivo
ou povo de lombo sob o couro do cinto
não somos ouvidos tapados, nem os punhos atados
não somos uivos calados, nem o mesmo de sempre!
não somos domesticados, somos os desgarrados
fomos habituados a este ranger de dentes
e não é a pasta que me preocupa, nem de quem é a culpa
nem quem é essa puta que manda nesta merda!
o que eu quero saber é o que fazemos das pessoas?
somos mais atenas que bruxelas, não cabemos em lisboa!
e eu vejo o povo desmoralizado e fico triste
porque sem esperança este país não resiste!

[refrão x2 – m7]
euro reality show, quem é o primeiro a sair?
e no portugal real, quem consegue resistir?
quem consegue ver o país a mingar sem fazer nada?
é de fazer atirar as pedras da calçada!

[verso 3 – capicua]
sem vontade de ficar, somos mais a partir do que a ficar
quem vai ficar para reconstruir?
e sem faísca no olhar quem vai teimar
quem vai jurar nunca desistir?
percamos tudo menos a at-tude
menos o rumo de futuro
e a virtude desta juventude, menos o azimute!
a utopia é a ousadia da s-m-nte
que pariu o fruto!

[refrão x2 – m7]
euro reality show, quem é o primeiro a sair?
e no portugal real, quem consegue resistir?
quem consegue ver o país a mingar sem fazer nada?
é de fazer atirar as pedras da calçada!