azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

card principal – naquela pt. ii lyrics

Loading...

[verso 1: 2zdinizz]
vem ela
minha cigana, deita na cama
e nos perpetua! (se liga)
tão bela, minha donzela
ela na cama é droga da pura!
é que eu parei na tua
minha vida não era tão boa até esbarrar na sua
cruzando bares e vidas
usando copos e lindas
todas eram boas mas se junt-sse não dava uma
aí veio ela mostrando não ser mais uma
sendo tão pequena e bela
mais linda do que a lua
com atitude e um swing vindo da rua
que mostra que nela só o que faltava
era um pouquinho de altura (haha)
e o jeito dela me ganhou, quem diria?
acelerei pelas suas curvas como ayrton senna faria
durona, ela gostou mas jamais admitiria…
a boca pode negar mas ninguém mente quando o olho vira, linda (uh)
e ela dispensa maquiagem
sabe que é linda, e se for pra usar tinta, é tatuagem
ao som de pentágono, sabe o que ela percebeu?
“que ela não é nada mau pra um maloqueiro que nem eu…”

[refrão: 2zdinizz]
bem linda, ela vem
sem dar moral pra ninguém
e eu vou também
com você vou mais áh…
não adianta negar
você é minha…
agora vamos acordar nossas vizinhas
e deixa o som a meio tom, e vem
que eu quero te ter, meu bem

[verso 2: pg]
mas do meu campo de visão
de longe eu admiro a segunda intenção
de três, eu te convido apenas estendendo a mão
hoje eu to pique curry na hora da decisão
se eu to jogando em casa, nosso rumo é pro salão
e ela cai pro meu lado
eu vou bailando -ssim meio desajeitado
então me desfiz, desinformado
cambaleei, cheguei por trás, curto contato
desculpa perguntar (ah ha)
mas é que eu não te vi acompanhada
só pra contrariar (pará pá pará)
falei no ouvido umas parada censurada
nessas condições não dá pra dizer que não há
algo deixado no ar pra gente resolver
não curto me envolver mas to pagando pra ver
alguém que possa provar que isso pode valer

[refrão: 2zdinizz]
bem linda, ela vem
sem dar moral pra ninguém
e eu vou também
com você vou mais áh…
não adianta negar
você é minha…
agora vamos acordar nossas vizinhas
e deixa o som a meio tom, e vem
que eu quero te ter, meu bem

[ponte: 2zdinizz]
ela me tira do sério
seu olhar é mistério
toda linda, vem por cima
ela sabe que ela brinca, rebolando demais

[verso 3: 2zdinizz]
-ssim você mata o pai!
joga o cabelo pra trás
se eu tinha hora pra sair? agora eu não tenho mais
de costas, ela sobe e desce
o quarto quente como o sol
e a gente escrevendo uma história nas linhas do seu lençol
e ela posa pra minha foto (que isso)
gosta de provocar e ser o foco
na cama, de bruços
se empinando pra provocar
me convidando pra deitar
com uma carinha de santa que faz até santo pecar
e ela…
sem pudor, jogada no meu cobertor
então se entrega sem cautela, sem pudor e na moral
que até minhas quatro paredes conhecem o nosso final

[refrão: 2zdinizz]
bem linda, ela vem
sem dar moral pra ninguém
e eu vou também
com você vou mais áh…
não adianta negar
você é minha…
agora vamos acordar nossas vizinhas
e deixa o som a meio tom, e vem
que eu quero te ter, meu bem
linda, ela vem
sem dar moral pra ninguém
e eu vou também
com você vou mais além
linda, ela vem
sem dar moral pra ninguém
e eu vou também
com você vou mais áh…