azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

costa a costa – não é fácil lyrics

Loading...

[intro]
(não é fácil), tá inteirado?
eu tô ligado que você tá ligado que (não é fácil)
eu tô na favela, eu sei das suas condição, eu vim nessas condição e (não é fácil)
o crime… (não pensar em você), o crime vem na mente
(não é fácil) tá ligado? (não pensar em você)
vou dizer…

[verso 1: nego gallo]
no dia cinza em que eu não encontro o caminho
sem condição, sem condução, né, pr’onde vou daqui?
me diz, quantos são, quantos tão igual a mim?
quantos são, quantos tão dispostos a investir?
(não é fácil)
se reza a vela, quem faz preza, linda
é a rosa que te despreza
a lágrima e o suor, quem considera?
ela te jura amor, vai ver que nem era
é só você e sua dor que é sincera nas ruas vazias
de valor, tô naquela sonata
e eles têm os olhos em mim, sou nada
mas sou mais homem né que muitos aí
(não é fácil)
se o nêgo tem a manha, se os cana tão nas área
minha mente tá na grana, a boca tá em alta
mas a mente não cansa, tem meus irmão nas área
tem munição, arma e mil razão pra cobra na bala
(não é fácil)
no choro da minha mãe, as condição do nêgo
porra, isso me tira o sono
é quando eu paro e lembro
que o que tem valor não conta
o que o dinheiro não compra
pensa a lombra, é o que tem menos valor no gueto

[refrão]
não é fácil, não pensar em você
não é fácil, não pensar em você
não é fácil

[verso 2: don l]
eu tenho a mente no gás, o pente no canto
sempre quando eu faço o meu trampo
o trampo que eu faço chamam grana fácil
eu chamo grana rápido, chapa, porque (não é fácil)
não, claro que não
repara os irmão de cara fechada, tão mal com o mundão
eu tipo o malcolm não acredito em ilusão
prefiro não, confio 25% no irmão
(não é fácil)
eu olho pro céu, que bela manhã
talvez eu não esteja com ela amanhã
talvez eu esteja na cela amanhã
talvez um sujeira chame os cana e me entregue amanhã
(não é fácil) (filha da puta)
então aproveita a manhã
aham, a vida é curta, mah, não sei do amanhã
aham, a vida é puta, mah, hoje tá bom
e de repente ela *fiiiiu* talvez amanhã…
(não é fácil)
então não espera o tempo bom, faça o tempo bom
peço a iansã: traga um vento bom
eu também sonho com a revolução
mas hoje eu tenho a cobrança, meu irmão, e levo o canhão
(não é fácil)
mas é bom ouvir um som conferindo as onça, portfolio marrom
enquanto a mente sã aguarda o stress
cê pega no f mas separa o meu e paga no cash (não vacila não)

[refrão]
não é fácil não pensar em você
não é fácil não pensar em você
não é fácil

[verso 3: don l]
às vezes eu penso em parar esse bagulho
às vezes eu penso em virar um escobar no bagulho
só quero paz e uma grana no banco
e quero nunca mais ver uma grama do branco
(não é fácil)
a seda é paixão, a guerra é missão
na selva, ladrão, a regra é caixão
cê quer ser excessão?
mesmo que o nêgo tombe no chão (antes ele…)
o gueto tem outro guerreiro pronto pra função
(não é fácil)
ninguém investe no gueto
pra que tá fodendo? é só mais um pivete no gueto (é só um pivete)
mais um moleque no gueto (tá com 17)
agora o moleque abastece a boca e investe no gueto
por isso sabotage foi cedo
por isso o jogo é desse jeito, tô certo, guerreiro
por isso eu vejo mais lágrima e dores
por isso, mah, escrevo mais armas que flores

[refrão]
não é fácil não pensar em você
não é fácil não pensar em você
não é fácil