azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

j.c. skilla – queremos paz (danos descaso) lyrics

Loading...

[refrão: j.c. sk!lla]
precisamos de sol e noites de descanso
paz muita paz nos dias virados do avesso
de algo bom e que precisamos
para esquecer o p-ssado ainda no presente onde vivemos
queremos céu estrelado de dia céu azul
nada de tempestades de norte a sul
de algo bom e que precisamos
para esquecer o p-ssado ainda no presente onde vivemos

[verso 1: j.c. sk!lla]
1000 há hora anda este mundo sem o sinto de segurança
quantos mais vão partir em acidentes de cobrança
uns por outros perdem a sua honra
por causa daqueles que querem trocos extra por fora
preferem vincar na vida de outro modo
porque acham mais fácil sair do lodo
por luxo veneram a corrupção
até ao sucesso essa é a vossa missão
tudo o que fazem é pelo futuro do bolso
que não tem fundo o povo esta preso num no poço
mesmo -ssim continuam a m-ssacrar
e metem na lista negra quem não apoiar
acrescentam vírgulas para obter recrutas
casas na praia carros de 2 portas e algumas putas
no xadrez que jogam usam as pessoas com pões
para obterem o que querem vocês são hienas que comem os leões

[refrão: j.c. sk!lla]
precisamos de sol e noites de descanso
paz muita paz nos dias virados do avesso
de algo bom e que precisamos
para esquecer o p-ssado ainda no presente onde vivemos
queremos céu estrelado de dia céu azul
nada de tempestades de norte a sul
de algo bom e que precisamos
para esquecer o p-ssado ainda no presente onde vivemos

[verso 2: j.c. sk!lla]
todos querem ser donos do mundo
conhecem a paz mas preferem outro rumo
cheio cheio cheio de pensamentos impróprios
não tem consciência só pensão em números bancários
esses tipos são cubos de gelo que não derretem
insanos que causam dor a outros e varias vezes repetem
saída barrada para os que querem se libertar
das mandíbulas dos crocodilos que andam sempre a caçar
na selva onde o ser humano e desumano
olhos brilham de ganância quando vem o tutano
somos vítimas de um ser interiormente semelhante
para alguns a aspecto exterior ainda é relevante
povo mundial ainda não se sente livre
desses senhores com falso p-ssaporte
tomam banho mas a sujidade não sai muito menos a virose
não tem vergonha dos danos que causam
preferem encher o cu e ainda reclamam
mesmo com reformas milionárias são vilões
tem carros de alta cilindrada iates e aviões
muita gente nem sabe como e uma dessas maquinas
quanto mais viajar pelas nuvens como se tivessem -ssas
liberdade num mundo que tranca a verdade
explicita que toda a gente já viu na sociedade
até agora comandantes usaram sempre a mesma técnica
em frases de igualdade estética
no inicio tudo parece bonito
no fim ficamos no mesmo sítio
trancados algemados amordaçados até os dentes
como animais que vão ser traficados por presentes
regalias já tamos fartos desses seres incompetentes

[refrão: j.c. sk!lla]
precisamos de sol e noites de descanso
paz muita paz nos dias virados do avesso
de algo bom e que precisamos
para esquecer o p-ssado ainda no presente onde vivemos
queremos céu estrelado de dia céu azul
nada de tempestades de norte a sul
de algo bom e que precisamos
para esquecer o p-ssado ainda no presente onde vivemos