azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

jorge vercillo – silêncio na favela lyrics

Loading...

o silêncio na favela
é a incerteza no estampido de um tiro
o silêncio na favela
é a mãe gritando sobre o corpo de um filho
o silêncio na favela
é quando a lua invade a sala sem pedir
e a gente na janela
pensando que estamos sozinhos por aqui

o silêncio na favela é o descanso de uma gente
que levanta com o primeiro cantar do galo
é quem leva esse país pra frente

o silêncio na favela é o breque da mangueira
é o salgueiro na avenida que levantou
é velha-guarda da portela

o silêncio na favela é a falta bem cobrada
é a bola que navega
é o silêncio que explode em grito de gol, gol, gol, gol

o silêncio na favela é a milícia extorquindo o morador
é a chuva que soterra
é a indiferença, a intolerância e o seu terror

o silêncio na favela
também é a pausa que antecede o tamborim
o menino na janela
entre as cortinas, vendo a moça se despir

fim de baile pra galera, pelourinho e dona marta
ver a dança do menino michael
bem na porta da sua casa

bob marley e che guevara
tienes hermanos de argentina
tem vascão o time da virada
na camisa da menina

tem estrela na cabeça
com fogão erguendo a taça
lá também tem mulambada do tricolor
tem timão, ba-vi, gre-nal, galo

mas o silêncio na favela é a resposta rubro-negro
com a bola que navega
é o silêncio que explode em grito de gol, gol, gol, gol

o silêncio na favela
é quando a lua invade a sala sem pedir
e a gente na janela
pensando que estamos sozinhos por aqui

o menino na janela
entre as cortinas, vendo a moça se despir
o silêncio na favela
é muito mais do que eu consigo resumir