azlyrics.biz
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

sabotage – um bom lugar (clip) lyrics

Loading...

[letra de “um bom lugar (clip)” com rzo]

[intro: sabotage]
hahahahahahaha!
sou sabotage

[refrão: sabotage]
um bom lugar se constrói com humildade
é bom lembrar, aqui é o mano sabotage
vou seguir sem pilantragem, vou honrar, provar
no brooklin, tô sempre ali
pois vou seguir, com deus, enfim

[verso 1: sabotage]
não sei qual que é, se me vê, dão ré
trinta caras a pé, do piolho vêm descendo lá na conde, ferve
pisca e “clack”, enlouquece, breck só de arma pesada
inferno em m-ssa, vem violentando a minha quebrada, basta!
eu registrei e vim cobrar, sangue bom
boa ideia, quem tem, não vai tirar a ninguém
meditei, mandando um som, com os irmãos da fundão
volto ao canão, se os homens vir, disfarço o grandão
rap é o som, embora lá no morro, só louco
a união não tem fim, vai moscar? se envolve, jão
já viu seus pivetes dizer que rap quer curtir?
o beat fortalece, nunca esquece
quem conclui é o mestre, basta
quem longe for, vem com pudor, lutou pra conseguir, forte dor
tem que depôr e não voltar, sujou
bem-vindo ao inferno, aqui é raro, eu falo sério
pecados do anticristo, imortal, patifaria, aí, meu!
vai batalhar, tenta a sorte, seja forte
só o destino, aqui, resolve
pauleca, bulinho, só saudades
fez da vida, por aqui, de mente erguida
sem mentira, com malícia, me p-ssou lição de vida

[refrão: sabotage]
um bom lugar se constrói com humildade
é bom lembrar, aqui é o mano sabotage
vou seguir sem pilantragem, vou honrar, provar
no brooklin, tô sempre ali
pois vou seguir, com deus, enfim

[verso 2: sabotage]
dois caras simples, gostavam mais de ouvir e aprender
até que fatalidades, com certeza, e é o seguinte
sempre -ssim, maquiavélico
e maldade se percebe, aqui, cuidado, é falsidade, estopim
dois mil graus é ser sobrevivente e nunca ser fã de c-n-lha
a luta nunca vale a experiência
santo amaro a pirituba, o pobre sofre, mas vive
a chave é ter sempre resposta àquele que inflige
a lei na blitz, pobre tratado como um cafajeste
nem sempre polícia, aqui, respeita alguém
em casa invade, a soco ou fala baixo, ou você sabe
maldade, uma mentira deles, dez verdades
momentos, ocular é respeito, estilo um cofre
só leva os fortes, filhos do vento, um super-homem
lá, cada vez tem um largado atrás do poste
quando inflama, é capaz de denunciar o irmão pros homens
fuja, se jogue, o vaps não se envolve, anda só
na sul, respeito é lei, também, melhor
tipo madeira, estilingue, exige uma forquilha
rap é milidia, um integrante da família, com uma ideia fixa
que atinge a maioria que ainda acredita
no plano b, periferia
hoje, quem pratica, tá ligado que é o que liga
porque vira, vira, vira…

[ponte: sabotage]
se liga na fita, danados, otários
estão maquinados no morro
pelo que falaram podem atirar
depois prestarem também um socorro
abre o olho, o cara piolho
tem sempre um mano dos nossos
o inimigo tem astra, barca
blazer e também tem moto
é zona sul, canão, meu bairro
pilotei, não deixei rastro
comentário, eu vi que forjaram
doze parangas no bafo
mas no bairro eu pego meu fino
na fé vinha vindo, na fé vou seguir
deus que me livre na mira dos tiras, my n-gga
não fico, não brinco, nem mosco
medo, só vejo destroço
do pobre que acorda com ódio
um anjo do céu, não pode ser réu
quem vem das ruas, não joga fácil
se o trinity nasceu aqui viveu no brooklin
quero ver mais, eu quero todos
ver os manos sim

[verso 3: helião rzo]
é
mas se for pra trocar ideia com os manos
até melhor pra mim, osasco é considerado
acendo um jasco em santo antônio ali
se colar ali
anderson franja na linha de frente
foi bom fumar um do bom no atlético
casa cheia, bate-cabeça
faz presença e diferença
e representa o que é feliz
vários mano tudo de fé e o som do xis
é o que diz: os mano pow e as mina pá
vamo agitar, vagabundo
o segundo no ar, vem pra trincar
só o pó
rolou também eu dancei, tipo os preto louco
-ssim que é numa de horror
me dá um cigarro, por favor
mas que calor
o suor desce, a gente se esquece
os truta tudo da hora
não demora, dá uma bola
e curte um rap
compromete
vários manos que dançando break
roda no meio da gente, entende?
é atraente!
isso é lição pra mim
como inspiração, importante sim!
não é qualquer um que segue em frente
e dança um bom break
rzo é nossa sigla, representa tudo que eu vejo
o graffiti na parede já defende algum direito
daquele jeito!
-ssim que é
tem que por fé, não de ré
bota fé no que é, não nos mané
eu vejo a correria todo dia
quem acredita, não é de hoje
na são bento, eu me lembro
eu -ssistia
não resisitia
voltava rimando no busão
igual computador:
tu tu tu
colhendo informação!

[refrão]

[verso 4: sabotage]
sobreviver no inferno, a obsessão é alternativa
eu quero o lado certo, brooklin-sul, paz eu quero
prospero, eu vejo um fim pro abandono
deixa rolando, ninguém, aqui, nasceu com dono
mas, por enquanto, ainda tem muita mãe chorando
alguns parando, trampando ou se recuperando
do eterno sono, tipo o rafinha e o adriano
milagre em dobro, o livramento vem pros manos
tem que ter fé, aqui, sim, tem que insistir
humilde, só -ssim para progredir, enfim
quero juntar, sim, com os manos
que protestaram o preconceito, daquele jeito
eu sei que vou traçar os planos
cantar pras minas e os manos
eu não me escondo, eu me emociono
me levantando, como deve ser
lá vem polícia, sai da pista, “hasta la vista, baby”
andar de monte, a chave, a cara é ter deus em mente
longe daquela e dois pentes, há quem não precise, entende
sonic e cyclone, ágil, ouriço e resistente
brooklin-sul, canão, o sobrevivente agente, agente, agente
sou sabotage, um bom lugar
lugar, lugar, lugar, lugar
um bom lugar, ha, ha, ha, ha, ha
um bom lugar, lugar
ha, ha, ha, ha, ha, ha!

[refrão]